Competição e as estratégias competitivas

O setor de telefonia móvel de quarta geração é, atualmente, um dos mais competitivos em nível mundial. Duas empresas, a Apple e a Samsung disputam a liderança mundial de dispositivos móveis. Qual estratégia de competição elas estão praticando?

Por que alguns consumidores preferem um iPhone e fazem fila para ser um dos primeiros a ter um dispositivo da empresa? Porque outros se resignam e preferem um Samsung S III? Qual a estratégia as duas empresas estão praticando em nível mundial e nas regiões continentais? Não podemos responder as questões imediatamente mas podemos perceber que cada uma tem uma estratégia diferente para conquistar o usuários de dispositivos móveis.

Caminho estratégico para liderança
Caminho estratégico para liderança

A Apple prefere produzir produtos diferenciados, de alta qualidade, durabilidade e usabilidade. Ela está sempre inovando com produtos e serviços agregados. Além disso seu processo de elaboração dos projetos, fabricação e comercialização, apesar de serem em parte entrega para fornecedores específicos, estão sob seu controle. A ideia contida em seus produtos e serviços são rapidamente imitados ou copiados.

A Samsung é, originalmente, fabricante de dispositivos de eletroeletrônicos. Fabrica equipamentos de áudio e vídeo e recepção de sinal das tevês. Para ela estava fácil entrar no mercado cuja liderança era de empresas fabricantes de dispositivos que não estavam acompanhando a tendência e tecnologia disponível na comunicação móvel. Seus produtos também são de alta qualidade mas ela pode entregá-los aos clientes a preços menores em razão de que recebe parte essencial do dispositivo, o sistema operacional, “gratuitamente” da Google.

No mercado competitivo de comunicação móvel elas competem usando estratégia diferente. Escolheram caminhos diferentes para projetar, elaborar e entregar seus produtos aos consumidores. Apple e Sumsung usaram estratégia competitiva ao que parece da diferenciação e liderança em custos, respectivamente.

Competição e estratégia competitiva

Em um mundo de competição intensa as organizações precisam estar preparadas tanto para atacar quanto defender de seus concorrentes. Estratégica competitiva é o modo pelo qual elas atuam de forma a criar condições de ataque, defesa ou ambas, tudo em nome da liderança do setor por meio da obtenção do lucro acima dos seus concorrentes.

Estrategias genericas
Estrategias genericas

Estratégias genéricas de Porter são formas de obtenção de vantagem competitiva. Michael Porter relata que para superar seus concorrentes são três as atitudes necessárias para tomar posição de ataque, defesa ou ambas, em um ambiente competitivo:

Liderança de custos: poder liderar em custo significa que a organização consegue manter a qualidade de seus produtos ao nível dos produtos de seus concorrentes mesmo mantendo seus custos abaixo dos custos que praticam os seus concorrentes. Alem disso, a liderança em custos constitui ferramenta essencial para combater as 5 forças descritas por Porter. Esta estratégia fornece condições para que que a empresa a crie defesa contra rivalidade e restringe a capacidade de barganha de compradores. No entanto, para usá-la é necessário que a empresa possua outras vantagens para compensar a evasão do retorno e consequentemente do lucro. Melhorias nos processos para se manter eficiente é uma estratégia interna capaz de garantir esta liderança.

Diferenciação: Certamente, esta estratégia competitiva é diferente da estratégia de liderança de custos. A Apple vem há anos projetando, produzindo e ofertando no mercado computadores e dispositivos pessoais com características incomuns. Ela não se diferencia das outras apenas nos seus produtos mas no modelo de negócio adotado, caracterizado pela produção vertical dos seus dispositivos. Ela projeta e desenvolve os dispositivos, o código interno para o seu funcionamento e o canal de distribuição. Afinal, não são encontradas muitas lojas de departamentos com exposição de seus produtos comparativamente aos produtos fabricados por outras empresas.

Foco nos custos: Não existem uma só estratégia adequada para as empresas alcançarem a vantagem competitiva. Cada uma tem que encontrar qual a melhor a ser adotada no ramo do seu negócio. Porém esta estratégia limita-se ao mercado em que a empresa atua.

Diferenciação focalizada (foco na diferenciação): Esta estratégia, diferentemente da focalização nos custos tem seu foco na diferenciação, mas limitado ao seu segmento de mercado.

Enfoque (foco)

Na prática existem três estratégias de competição em um segmento de mercado (mercado ou indústria): liderança em custos, diferenciação e enfoque.

Unidades de negócios, sejam elas locais, regionais, nacionais ou internacionais que conseguem a liderança em um mercado o fazem mantendo os preços baixos em média mas mesmo assim conseguem o lucro que necessitam para se manter competindo. Por outro lado, as unidades que alcançam e mantem a diferenciação de seus produtos e serviços ofereceram produtos e serviços com características únicas. Elas mantem seus lucros assim entregando produtos e serviços de valor adicionado único no seus segmento de mercado.

A estratégia de enfoque ou foco envolve alcançar a liderança ofertando produtos únicos de baixo custo. Trata-se claramente de um nicho de mercado e por esta razão não são alcançados por unidades de negócios focadas em custo ou praticando a competição por oferecer produtos diferenciados.

Anúncios

Um comentário sobre “Competição e as estratégias competitivas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s