A cadeia de valor genérica de Michael Porter

Siga este blog com Bloglovin

As unidades de negócios existem com objetivo de adquirir insumos em termos de produtos e serviços disponíveis no mercado, transformá-los em outros produtos e serviços de maior valor e colocá-los a disposição para consumo de pessoas ou outras unidades de negócio. A maneira que as atividades que produzem os produtos e serviços são organizadas e realizadas determina os custos da organização e afeta os seus lucros.

Cadeia de valor
Cadeia de valor

Para entender o que é cadeia de valor temos que pensar nas atividades que a unidade de negócio realiza com o objetivo de criar produtos e serviços de valor aos seus clientes. Principalmente lembrar que todas as organizações têm a missão de criar produtos e serviços que possuam valor supoerior aos oferecidos no mercado pelos seus concorrentes. Isso, aliás explica a razão pela qual uma organização existe. Assim, a sua vantagem competitiva de uma unidade de negócio está relacionada diretamente com a sua capacidade de entregar aos seus clientes produtos e serviços de valor adicionado superior.

Para que isso aconteça, na gestão de uma unidade de negócio o empreendedor precisa ficar atento aos conceitos de competição, estratégia e estrutura empresariais enunciados por Porter. Eles são classificados em três elementos: as estratégias genéricas de competição, de define o posicionamento que a unidade de negócio deve tomar para competir;  as suas cinco forças, que representam basicamente os contextos em que uma unidade de negócio pode estar envolvida;  e a cadeia de valor da unidade empresarial, uma representação genérica de como as atividades são organizadas no interior da unidade de negócio.

Cadeia de valorPortuguês: Modelo de cadeia de Valor de Michae...

A figura ao lado é o modelo de cadeia de valor. Ele é genérico pois seu objeivo é orientar nos primeiros passos de elaboração de uma cadeia de valor em particular e também buscar o entendimento do negócio da unidade de negócio. Executando esta atividade o empreendedor passa a entender a estrutura do seu negócio (se ainda não entende, claro). Ela ajuda na compreensão das atividades primárias e secundárias, dois conjuntos de atividades dentro da unidade empresarial, generalizada pelo modelo.

Portanto, em uma cadeia de valor de qualquer unidade de negócio estão implícitos os seguintes tipos de atividades:

Atividades primárias: são aquelas como a logística de entrada, e está associada às operações de recebimento, armazenamento, controle e distribuição interna de insumos; operações, que estão associadas à transformação dos insumos em produto acabado para seus clientes; logística externa, atividades associadas com a manipulação dos produtos finais destinados aos clientes tais como registro de pedidos, embalagem, armazenamento, montagem e desmontagem, manutenção e transporte para entrega aos clientes; marketing de vendas, atividades relacionadas com a promoção dos produtos fabricados em programas de publicidade e demais operações de promoção dos produtos junto aos clientes e, serviços, associados com as atividades de pós-venda de produtos.

Atividades secundarias ou de suporte: aquisição, são aquelas relacionadas com as operações de compra de insumo, máquinas e equipamentos usados na fabricação e no suporte das operações fabris; desenvolvimento de tecnologia, constituem em atividades de desenvolvimento de novos produtos, melhoria dos existentes, por meio de melhoramento dos processos internos; nas atividades de gestão de recursos humanosincluem-se o recrutamento e a seleção de pessoas para contratação, treinamento e capacitação e desenvolvimento das pessoas e as atividade de manutenção da infraestrutura da empresa incluindo nelas a elaboração de planos controle contábil, financeiro, legal e gestão em geral.

A cadeia de valor é uma ferramenta importante para o empresário pois por meio dela identificam-se, nas unidades de negócios,  peças menores agrupadas em funções específicas existentes em seu interior. As peças podem, então, serem analisadas separadamente do ponto de vista dos seus respectivos custos e diferenciação, motivo pelo qual é util na efetivação de mudanças que podem ser implementadas de maneira estratégica.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s