O Brasil tem nova área territorial

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou em 27 de novembro de 2012 a nova área territorial brasileira. Ela é fruto da inclusão de novas áreas de arquipélagos e massa de água que não estavam sendo consideradas na área anterior e também o resultado de melhorias implementadas na metodologia de cálculo de áreas territoriais adotadas pelo Instituto.

A primeira estimativa da área territorial brasileira oficial data do período imperial, precisamente de 1889. Naquele levantamento o território brasileiro foi estimado em 8.337.218 kmque se comparados aos 8.515.767,049 km²  divulgados apresenta um incremento na área de  178.549 km².

Processo rigoroso de cálculo de áreas

Lagoa dos Patos a maior lagoa no Brasil
Lagoa dos Patos no RS é a maior lagoa no Brasil

A nova área divulgada, como informou o IBGE se fundamenta em três aspectos do processo de revisão decenal de áreas territoriais realizado pelo Instituto de Estatísticas: 1) a inclusão de áreas insulares, principalmente arquipélagos como Abrolhos no município de Caravelas na Bahia; b) a consideração de massas de água que não estavam envolvidas no cálculo para atender a Lei nº 13.993 de 20/03/2007, que revogou a Lei nº 11.340 de 08/01/2000 no Estado de Santa Catarina e ajustes de áreas dos Estados de Alagoas e Pernambuco para atender o Decreto-Lei Nº 9.578, de 13 de agosto de 1946, ajustes nas áreas dos Estados do Acre e Amazonas conforme Acórdão do Supremo Tribunal Federal de 04/12/1996 e também do Rio Grande do Sul que passou a computar área da Lagoa dos Patos e Lagoa Mirim e c) melhoria do processo de das áreas em razão do uso de equipamentos de medição mais precisos.

A maior precisão no levantamento de áreas territoriais se deu principalmente pelo uso da tecnologia GPS – Global Positioning System (Sistema Global de Referenciamento) além de informações coletadas de sistemas de empresas transportadoras, controle aéreo e marítimo. Os dados destes aparatos foram importantes para o Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS 2000) adotado pelo IBGE em 2005 que possibilitou maior precisão nos cálculos e dos mapas.

O processo rigoroso de revisão de áreas iniciou-se em 1950, ano em que as divisões dos territórios dos estados brasileiros passaram a ocorrer a cada dez anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s