Jorge Mario Bergoglio, o Papa da reconstrução da paz

Passado o dia em que o Papa Bento XVI prometeu renunciar e renunciando o Conclave escolheu um sul americano, pela primeira vez, Papa da Igreja Católica. O mundo todo, de todas as religiões cristãs ou não esperaram ansiosos e agora após revelação do escolhido é  chegada a hora de acompanhar, tal como ovelhas, os passos de Jorge Mario Bergoglio, Francisco.

Bergoglio, Bispo de Buenos Aires, para exercer seu pontificado escolheu o nome de Francisco. A escolha nos leva a pensar como será a vida do Papa e os rumos que a Igreja Católica tomará. De certo Bergoglio se inspirou na vida de São Francisco de Assis que recebera a difícil tarefa de reconstruir a Igreja naquela época por meio de uma mensagem divina: “Vai e reconstrói a minha Igreja”. Antes, porém, deixara uma vida rica para para dedicar-se à vida religiosa. Hoje, São Francisco de Assis é tido como o Santo protetor dos menos abastados, dos animais e da natureza.

São Francisco de Assis

São Francisco de Assis protetor na natureza e dos animais
São Francisco de Assis protetor na natureza e dos animais

Logo que se soube da escolha de Jorge pelo nome Francisco, o primeiro Papa com esse nome, concluí que a Igreja caminharia em outra direção. O fato de ser considerado um conservador não invalida a tese de que levará a Igreja a posições incomuns.  Posições que fazem acreditar que colocará a Igreja na direção do apoio aos mais pobres, à proteção da natureza e dos animais. Sendo humilde, daria o exemplo desta humildade.

Imediatamente pensei no futuro da Igreja Católica com propósitos e olhos sobre os oprimidos e os mais necessitados; uma Igreja trilhando ao lado de governos progressistas que promovem a redução da pobreza, por meio da adoção de políticas de distribuição de renda. De certo modo e na medida do possível, busca uma sociedade mais igualitária e justa.

Seguirá Jorge Mario Bergoglio os passos de São Francisco de Assis?

Coloquemos ao centro das questões principais que a Igreja Católica precisa enfrentar algumas premissas extraídas da vida de São Francisco de Assis, e pretensão de Francisco I: os votos de humildade, simplicidade e justiça e a disposição em disseminar a paz entre os povos.

A primeira premissa vem da realidade vivida pelos Frades da Ordem de Francisco, a Ordem dos Frades Menores possui como valores de vida o espírito da humildade e por isso nada possuem em bens materiais;  a simplicidade, um valor de quem acredita no bem comum e em razão disso possui o espírito da partilha, o que está em consonância com o espírito da humildade; a justiça, uma qualidade de quem deseja que os recursos naturais ou manufaturados sejam distribuídos igualmente entre os povos. Esses valores estão representados nas indumentárias usadas pelos Frades Franciscanos pelos nós do seu cordão.

A segunda pela mais conhecida oração que roga pela paz na qual pede para ser o instrumento dela.

Igreja latina

Na América Latina a Igreja Católica tem um histórico de trabalho em prol da igualdade social e na proteção dos mais necessitados.

Pátio da Igreja de São Francisco, Assis
Pátio da Igreja de São Francisco, Assis (Photo credit: Wikipedia)

Acredita-se que ele tenha sofrido influência da Teologia da Libertação. Esta teoria fundamenta a análise social no contexto das contradições da sociedade quanto aos aspectos políticos, econômicos e sociais. A Teologia da Libertação haveria de resgatar um comportamento da Igreja mais aproximado às crenças e costumes da época atual moderna. Fora  renegada por Padres, Bispos e Cardeais conservadores e seus membros proibidos de disseminá-la. Acredita-se que esteja entrando em declínio nas regiões por hoje fora propagada, inclusive no continente Sul Americano.

Com Francisco I poderá a Teologia da Libertação voltará a teorizar a relação entre o mundo dos oprimidos e dos opressores?

Se Bergoglio seguir os passos de Francisco de Assis a pergunta terá sido respondida com um sim.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s