Sobre o porquê criei meu próprio blog

Escrever!

Considero umas das tarefas mais difíceis na vida escrever o que penso. Desde o desafio de redigir um texto proposto nos em exames vestibulares até simples textos livres, sem forma. No entanto resolvi superar a enorme dificuldade, escrevendo e publicando textos em um espaço próprio na blogosfera.

Nos idos anos de 1981 a 1986 fui assinante de Veja. Descobri ao final deste longo período que eu e todos os leitores estavam sendo, simplesmente enganados. Não vou dizer o porquê, porque não desejo fazer qualquer propaganda negativa daquela publicação. Só desejo que fique entendido que a leitura de qualquer texto tem o poder de transformar seus leitores, para o bem ou para o mal.

Aos poucos fui descobrindo que o que lia nas edições daquela publicação não era o que ocorrida de fato na vida real. Fossem temas de economia, política ou quaisquer outros, surgiam vazios perceptível por leitor de qualquer nível.

Como resultado, mesmo sendo raro encontrar em circulação outra publicação contraponto, a leitura de livros de ciência política, micro e macroeconomia e conversas de corredor na escola universitária foi possível perceber que o conteúdo da revista era incompleto ou no mínimo equivocado.

O sentimento de ler conteúdo manipulado, fez criar em mim uma força interior que me levou, inclusive a escrever textos que foram publicados no jornal do Centro Acadêmico de Economia da Universidade Federal de Mato Grosso entre os anos de 1987 e 1992. Desculpem! Não veio a minha lembrança das datas exatas dos textos. Eram textos, típicos de análise de conjuntura, tema com grau alto de aceitação pelos alunos. Tinha como objetivo descrever os fatos com relativa fidelidade, segundo meu ponto de vista bem particular.

Mas por que resolvi criar meu próprio blog?

Bem. A facilidade e avanço trazidos pela tecnologia, internet fui um dos principais fatores. Além disso, aquela força interior ainda existia em 2011, ano em que iniciei o blog e publiquei os meus primeiros textos também é outro fator decisivo.

Sou, reconheço, uma pessoa diferente. No modo de ver os fatos. No modo de interpretar os fatos. No mode de analisar e sintetizar os fatos. Precisava escrever sobre o meu pensamento, inclusive para perceber a sua mutação, evolução ou involução. Tenho a noção do impacto dessa diferença nos textos produzidos; de que não existe um proprietário de verdades; mas, que o engôdo tem dono. De que a única certeza é que todo o ser vivo nasce, cresce e morre.

Mas é preciso submeter idéias e pensamentos, mesmo que nada conclusivo, a público variável capaz de criticar o conteúdo neles expressos, em todos os sentidos. E certificar da aceitação ou rejeição deles uma vez que, atualmente, a dinâmica política presente em grande parte dos relacionamentos amorosos e profissionais acaba influenciando as mentes e corações. Admitir esta realidade, sem no entanto, deixar de ser levado pelas paixões é um excelente começo.

Este blog sobrevive há cinco anos sem qualquer pagamento por divulgação. Considerando que se trata de publicação de nicho, confesso que estou plenamente satisfeito com os resultados.

Neste período publiquei textos originais. Aliás, esta é uma das principais características dos textos aqui no blog. Teorias econômicas, temperatura política, teorias de gestão e finanças foram os mais importantes temas tratados. Foi publicado, também, textos sobre educação e cultura além de temas muito variados.

Agradeço aos mais de 74 mil leitores que leram os mais de 150 textos produzidos, sendo vistos por mais de 112 mil vezes. Aos leitores de “Texto e fatores de textualidade” que amam a forma e conteúdo de um texto; aos leitores de “Comércio internacional e as razões da sua existência entre nações” escrito para leitores da língua portuguesa de inglesa que se interessam pela teoria de comércio entre as nações. Também, aos matemáticos amantes da teoria econômica do equilíbrio geral, leitores dos textos sobre a ferramenta da teoria Insumo-produto de Leontief e muitos outros.

O ano de 2016 será catalizador de novas idéias e, principalmente, será motivador por saber que de qualquer forma estaremos caminhando juntos neste e nos próximos anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s