Lava Jato, vender o Brasil pode? Vender o país não é corrupção?

“Um trilhão de isenções graciosamente cedidas às maiores e mais ricas empresas do planeta Terra. Injustificadamente. Sem qualquer amparo em dados econômicos, em projeções de investimentos, em retorno de investimentos. Sem o apoio de estudos sérios, confiáveis.

Nada! Absolutamente nada!

Foi um a doação escandalosa. Uma negociata impudica.” Este discurso de Roberto Requião é digno de um brasileiro que honra a sua pátria. Vários discursos iguais a este deviam ser diariamente pronunciados da tribuna do Senado. [do Viomundo] … Mais Lava Jato, vender o Brasil pode? Vender o país não é corrupção?

Anúncios

Fundamentos da política externa dos governos Lula e Dilma

Marco Aurélio Garcia, ex-assessor especial de Presidência da República nos governos Lula e Dilma, responsável principal pela política externa ativa e altiva sendo um dos idealizadores dos BRICS e da estratégia das políticas econômica e social.
A politica externa regional teve impulso no governo Lula com a retomada do Mercosul foi dealizada também a Comunicadade Sul-Americana de Nações que foi o embrião da UNASUL, União Sul-Americana de Nações com objetivos de fortalecer a política e a economia dos países do Sul privilegiando a construção de uma infra-estrutura física e energética regional, as políticas sociais e a criação de mecanismos financeiros próprios.
Ademais, Marco Aurélio atuou em uma complexa tarefa de introduzir uma política externa baseada no respeitoso do princípio de não-intervenção na soberania de outras nações, o que significa a adoção de uma política que “não ultrapassa as fronteiras que estabelece a soberania nacional, mas, ao mesmo tempo, não fica alheio àquilo que está ocorrendo em cada um dos países da região.” … Mais Fundamentos da política externa dos governos Lula e Dilma

Liberdade de imprensa e campanha política fora de época

Em editorial o jornal O Globo acusa o ex Presidente Lula de se defender dos processos na justiça com ataques políticos. A mídia privada em geral, todos sabem, inclusive já é objeto de publicações da imprensa internacional, combate o Lula, Dilma, o PT e toda a esquerda desde antes do PT assumir o poder. É sabido que a imprensa nacional age como um partido político, promovendo golpes por meio de manipulações da opinião pública diariamente.
Mais Liberdade de imprensa e campanha política fora de época

Reformemos o Judiciário antes que seja tarde

Não é justo que uma Suprema Corte se junte a políticos corruptos por conta de uma correção em seus vencimentos já excessivamente altos enquanto grande parte da população se encontra sem o direito de exercer sua cidadania, vivendo em estado de miséria, sem escolas, transporte digno e com fome.

É preciso fazer grandes e amplas reformas. Educação, saúde e habitação parece ser as que se apresentam urgentes. Ela está inteiramente dependente de decisão do executivo, mas nenhuma melhoria ou avanço pode advir desse poder se ele estiver dominado pela plutocracia corrupta e cleptocrata. … Mais Reformemos o Judiciário antes que seja tarde

O desinteresse da oposição pela Lava Jato e o desempenho da economia

Apesar dos gritos dos manipulados e teleguiados da Globo e afins da mídia empresarial, os fatos indicam que a Lava Jato deixa de ser interessante para a oposição em geral, especialmente para o PMDB e PSDB. Refiro-me à ocultada conexão entre a fábrica panamenha de Offshores Mossack Fonseca e a mansão dos Marinhos construída em … Mais O desinteresse da oposição pela Lava Jato e o desempenho da economia

Evidências de um golpe jurídico mediático em marcha e os militares

Os congressistas da oposição são dissimulados e usam desta ‘qualidade’ para fazer a população acreditar que a operação policial que tentou prender Lula e levar para Curitiba em 04 de março foi dentro da lei. Assisti, pela emissora de rádio do Senado diversos senadores e senadoras discursando e afirmando da tribuna que não deviamos misturar … Mais Evidências de um golpe jurídico mediático em marcha e os militares

A relação entre a detenção de Lula e a estratégia de domínio regional

Detenção de Lula pode fazer parte de estratégia de domínio regional, com dedo dos EUA. Esta manchete circula desde 0 dia 8 de março, 4 dias após a condução coercitiva do ex-presidente Lula para depor. O texto, segundo análise do seu autor, alega que o juiz de Curitiba é apenas um vassalo de um interesse de dominação regional e global. O Brasil tem sido uma barreira ao domínio americano na América do Sul que juntamente com os países do continente sul americano ainda resiste ao domínio norte americano. A estratégia é enfraquecer o líder sul americano e de quebra submeter a Rússia por ser parceira nos BRICS. … Mais A relação entre a detenção de Lula e a estratégia de domínio regional